Seja bem-vindo!

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Santuário do Divino Espírito Santo em Ribeirão do Pinhal completou 13 anos na segunda-feira!



09 de setembro é o Dia do Santuário do Divino Espírito Santo - Feriado em Ribeirão do Pinhal



Haverá missa solene às 19 horas, celebrada pelo Bispo Diocesano da Diocese de Jacarezinho Dom Antonio Braz Benevente.


Confira a história!!

Por João Paulo da Rocha e

Bruno Cézar de Oliveira




Há 13 anos atrás toda a comunidade católica pinhalense comemorava a elevação da Igreja Matriz de Ribeirão do Pinhal ao status de Santuário do Espírito Santo, na ocasião o único do Estado do Paraná.

A elevação à categoria de Santuário ocorreu no dia 31 de dezembro de 1998, dentro das comemorações do Tríduo em preparação ao Ano Santo de 2.000, e a consagração ocorreu 2 anos depois, celebrada pelo Bispo D. Conrado Walter e de grande parte do clero da Diocese de Jacarezinho, e com a presença de toda a comunidade de Ribeirão do Pinhal, inclusive de não-católico, como o saudoso Pastor Duarte, da Igreja Metodista, um dos pioneiros de Ribeirão do Pinhal.



Dedicado ao Espírito Santo e Consagrado a Nossa Senhora de Fátima no ano de 2000, o Santuário do Espírito Santo de Ribeirão do Pinhal foi sonhado pelo saudoso pároco Padre André Waldomiro Jaworski, juntamente com Padre Jan Wasilk e toda a comunidade católica pinhalense.

Terminada na década de 1960, a igreja matriz construida em estilo românico projetada pelo arquiteto italiano G. Bianchi, é um imponente templo com linha clássicas, e com sua peculiar torre na parte de trás, domina a paisagem de Ribeirão do Pinhal, e foi totalmente restaurada a partir de 1994, com os trabalhos iniciados pelo pároco Padre André Jaworski. Missionário polonês e primeiro sacerdote ordenado na cidade, durante anos esteve a frente da comunidade católica pinhalense.

Após uma grande reforma na estrutura da Igreja e pintura total de alto padrão de qualidade, foi idéia sua a decoração do altar da Igreja com uma pintura estilizada da Santa Ceia, onde ao invés da clássica imagem dos apóstolos, figuram os padres que marcaram a história da comunidade, juntamente com os bispos da Diocese de Jacarezinho, Dom Conrado Walter SAC (1991-2000), Dom Pedro Filipak (1962-1991), o Papa João Paulo II (1978-2005), o Bispo emérito de Olinda e Recife, Dom Helder Câmara, (ainda em vida na ocasião), dos quais se orgulhava de mencionar a importância de figurarem na obra, devido sua importância para a evangelização dos novos tempos. Esta obra foi uma das mais importantes do artista pinhalense Tupã Paraná Nicolau, que está retratado na mesma como Judas Iscariotes, por escolha do próprio artista.






Destaque também merecido ao painel da porta frontal da igreja, onde de maneira estilizada e moderna, é retratado a caminhada do povo de Deus rumo ao céu, guiados pelo Espírito Santo, e o portal, onde a seta indicando o globo terrestre simbolizam a Igreja apontando a direção rumo ao novo milênio.

Sobre a estrutura da antiga pia batismal, foi construído o novo sacrário, que passou a ocupar lugar central, ao lado do altar, com pedras provenientes do Nordeste e da África, para representar a dimensão missionária da Igreja. 

Sob o altar estão afixadas relíquias sagradas de Santo Maximiliano Maria Kolbe, padre polonês martir do nazismo e modelo de virtude sacerdotal para pároco Padre André.

Atualmente, na capela dedicada à Nossa Senhora de Fátima, solenemente coroada em maio de 1985, está o sepulcro do padre que dedicou sua vida à obra missionária em Ribeirão do Pinhal, sob o lema “Para que todos sejam um!”


Pinhal Online - Desde 2009 atualizando você!

Curta nossa página no Facebook!

Confira os mais acessados da semana